Memórias - Ação “A deficiência em Portugal, vista por…”

18. 07. 05
Visitas: 90

No passado dia 21 de abril, e dando continuidade ao projeto "Seja diferente, não seja indiferente", decorreu a ação “A deficiência em Portugal, vista por…”, promovida pela equipa terapêutica do agrupamento.
Com o objetivo de sensibilizar a comunidade para esta temática, foi apresentado pela Dra. Paula Pinto um relatório sobre a deficiência em Portugal, elaborado pelo Observatório da Deficiência e dos Direitos Humanos, e foram partilhados diferentes e interpeladores testemunhos, abrangendo a educação (pelo Dr. Miguel Santos, da ESE), emprego (pela Dra. Ana Tenreiro, da Lipor) contando ainda com o testemunho da Cristiana Marques, uma trabalhadora com paralisia cerebral e o testemunho da família (pela Ana Bessa irmã de uma pessoa com deficiência).
Cerca de uma centena de pessoas estiveram presentes nesta ação de sensibilização e participaram ativamente com questões e reflexões que enriqueceram os debates.
A ação concretizou-se com a ajuda de muitos intervenientes, a quem  queremos aproveitar este momento para agradecer:
- Aos oradores, que mesmo vivendo longe, se disponibilizaram a vir generosamente partilhar do seu conhecimento e experiência. Um gigantesco obrigada;
- À direção do agrupamento por toda a ajuda na preparação e divulgação desta ação. Obrigada por nos permitirem dar asas aos nossos projetos e por nos apoiarem na realização dos mesmos.
- Ao Rui André pela gentileza de orientar e moderar o debate.
- À Torrestir e à Caixa Geral de Depósitos pela oferta de brindes que distribuímos pelos participantes;
- Ao Hugo Silva pela elaboração do cartaz.
- Aos alunos e professores do curso Profissional de Cozinha e Pastelaria por toda a disponibilidade e sensibilidade demonstradas ao longo das semanas de preparação e que culminou no delicioso coffee break com que nos brindaram;
- Aos alunos e professor do curso de multimédia por todo o apoio na logística do auditório;
- Aos alunos que, numa demonstração da verdadeira educação inclusiva, se voluntariaram para nos ajudar no acolhimento dos participantes.
- Aos assistentes operacionais da Escola Secundária por toda a ajuda na preparação do evento, salientando a D. Ana que abdicou de vários momentos do seu sábado para responder às nossa solicitações.
- À secretaria, particularmente à Mónica, por toda a ajuda na logística do evento.
- Ao grupo da Educação especial pela ajuda no envolvimento dos alunos e dos seus familiares e elaboração de lembrança para os oradores, bem como às assistentes operacionais envolvidas;
 - Por último, mas com grande importância, a todos os participantes que canalizaram uma tarde de sábado para descobrir mais e debater uma realidade que diz respeito a todos nós, numa clara demonstração de que somos diferentes e não indiferentes.
O sucesso da ação deveu-se sobretudo à partilha de experiências e conhecimentos entre todos os intervenientes, na certeza de que só informados construiremos uma escola e comunidade verdadeiramente inclusivas.
A Equipa Terapêutica-AE Lousada